31 de janeiro de 2017

Bolo de Tangerina {Tangerine Cake}

Yum

O mês de janeiro passou, rapidinho, como já vem sendo hábito. É uma afirmação recorrente, mas o facto é que realmente sinto o tempo a passar tão depressa…
Pessoalmente, foi um mês estranho, bastante intenso, e repleto de emoções, algumas boas, outras nem por isso. O acontecimento mais marcante terá sido o acidente do meu marido, mas tive ainda o encerramento do departamento onde trabalhei nestes últimos 10 anos, e a integração noutro departamento… não foram uns dias fáceis. Nada mesmo. Mas a vida é assim. Às vezes prega-nos umas partidas para nos manter alerta, para nos lembrar que não existem dados adquiridos. Mesmo para mim, que olho sempre os dias de frente, e que os vivo um de cada vez, sem grandes planos, este turbilhão de acontecimentos conseguiu abalar-me, e deixar-me um pouco destabilizada…mas quero pensar que foi só uma fase, e que tudo voltará ao seu lugar em breve.

Mas, falando sobre temas mais agradáveis, olhemos para o bolinho que trago para este final de mês, que foi uma alegre e muito saborosa surpresa. Posso afirmar com segurança que foi dos bolinhos mais frescos e saborosos que tive oportunidade de fazer e comer nos últimos tempos. É tão, mas tão bom! A massa do bolo é bem macia, e com um sabor a tangerina que me conquistou logo à primeira dentada; e depois tem o creme…sou uma “cream lover” assumidíssima, e bolinhos deste tipo são sempre uma perdição para mim!
Para este bolo, andei um pouquinho a “inventar”… explico: peguei num bolinho de laranja que me pareceu maravilhoso dum blog que adoro, o Fabrico Caseiro, e depois juntei um creme pasteleiro da doce Patrícia do Coco & Baunilha, fiz algumas alterações a meu gosto, e para adaptar para a tangerina, e voilá! bolinho maravilhoso. Ah e por fim, mas não menos importante, temos a decoração… após ter visto muitos e muitos bolos, houve um que claramente me prendeu o olhar, e depois de recorrer ao meu mestre - e supertalentoso pai! - no que toca a elementos decorativos, acabei por escolher fazer um bolo de 2 andares suspenso J
Tirando o facto de estar um pouco parecido com a “Torre de Pisa”, adorei fazer esta decoração! Foi uma experiência bem enriquecedora e divertida.

Por isso, este mês não podia terminar de melhor forma!  Espero que gostem da sugestão e se sintam muito inspirados.





Bolo de Tangerina
{Tangerine Cake}

Notas: para o bolo que vêm nas imagens fiz 2 receitas de bolo, usando 2 formas de 18cm e 1 forma de 14cm. E para o recheio fiz 1 ½ receita das quantidades mencionadas.

Ingredientes Bolo:
Receita adaptada de Fabrico Caseiro
5 Ovos
160g de Farinha de Trigo
40g de Amido de Milho (Farinha Maizena©)
1 c. sopa Fermento Químico
175g de Açúcar
70g de Manteiga, derretida e arrefecida
150ml de Sumo de Tangerina (cerca de 4 Tangerinas)
Raspa de 4 Tangerinas
1 pitada de Sal
Açúcar em Pó e Tangerinas, para decorar final - opcional

Preparação:
Unte uma forma redonda com manteiga e polvilhe com um pouco de farinha. Reserve.
Pré-aqueça o forno a 170ºC.
Numa taça, bata as claras em castelo bem firme, com uma pitada de sal.
À parte, misture a farinha de trigo, o amido de milho e o fermento peneirados com o açúcar e as raspas da tangerina. Acrescente a manteiga derretida, as gemas e o sumo de tangerina e bata bem até a mistura ficar uniforme.
Por fim, envolva cuidadosamente as claras e verta a massa na forma.
Leve ao forno a cozer durante cerca de 40 a 45 minutos. (Verifique se está cozido espetando um palito no centro do bolo, se vier sem massa é porque está cozido).
Retire do forno e deixe amornar numa rede metálica antes de desenformar. Depois desenforme e deixe arrefecer por completo na rede metálica.




Ingredientes Recheio:
Receita adaptada de Coco & Baunilha
550ml de Leite
4 Ovos
120g de Açúcar Amarelo
45g de Amido de Milho (Farinha Maizena©)
40g de Manteiga, refrigerada e partida em pedaços pequenos
Raspa de 2 Tangerinas
1 c. café de Xarope de Tangerina (encontram à venda na Loja A Vida Portuguesa) ou em alternativa usem 1 c. sobremesa de Extrato de Laranja.

Preparação:
Num tachinho, leve ao lume o leite com a raspa das tangerinas, até levantar fervura.
Entretanto, numa tigela misture os ovos com o açúcar e a Farinha Maizena© com um batedor de varas. Junte ao preparado o leite quente e filtrado (para retirar a casca das tangerinas), mexendo sem parar com o batedor. Volte a levar ao lume no tachinho, e sempre a mexer, deixe cozinhar até engrossar.
Retire do lume, e junte a manteiga, partida em pedaços pequenos, e envolva bem até obter um creme espesso e liso.
Coloque o creme num recipiente, e tape com película aderente de forma a que esta fique colada ao creme, para não ganhar crosta. Deixe arrefecer por completo.





Montagem:
Inspiração Snippet & INK
Com uma faca ou com o auxílio de um nivelador de bolos, divida cada bolo em duas partes iguais.

Coloque um dos discos do bolo maior no prato de servir ou numa base, e cubra o topo do bolo com o creme pasteleiro. Sobreponha o segundo disco do bolo e comprima muito ligeiramente. Rode o bolo e acerte as laterais, fazendo pressões ligeiras, de forma a que fique direito. Com uma espátula alise o creme nas laterais do bolo. Repita a operação por quantos discos de bolo tiver feito, cobrindo o último disco de bolo com açúcar em pó, e opcionalmente decorando com tangerinas.

6 comentários:

  1. Em primeiro lugar, deixa-me dizer-te que espero mesmo que Fevereiro seja um mês mais calmo e te traga serenidade e bons momentos. A vida realmente tem destas partidas, e ás vezes parece que nos fecha uma série de portas e depois estava mesmo a abrir janelas de par em par para deixar entrar o sol, espero mesmo que seja este o caso!! Depois, quanto a este bolo, ho!! Que lindão que ficou!! Deve ter dado cá uma trabalheira, mas ficou mesmo com um aspecto elegante e pr acaso até me transporta assim a uma Italia renascentista, sabes?
    https://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Janeiro passou e muito sinceramente não deixa saudades. Mas quero pensar como tu, que foi apenas uma fase menos boa. Vejo que fechaste em grande! O bolo está absolutamente maravilhoso! Qual torre de pisa qual quê? Está aí bem direitinho e lindo de morrer! Podia muito bem ser um bolo de casamento para quem tem a coragem de casar nesta época! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Que torre de Pisa tão direitinha, deliciosa e perfeita!
    Que lindoooo bolo :) apaixonei-me e fiquei a babar!
    Que o mês de Fevereiro te traga mais calma, Janeiro é sempre um mês díficil...o arranque é sempre díficil e este mês é sempre tãoo longo!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Adorei esse bolo. Ficou com óptimo aspecto.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/01/noodles-com-camarao.html

    ResponderEliminar
  5. Uau, isto é que é acabar o mês em grande, que espectáculo de bolo, para além de ser delicioso ficou super lindo assim em torre. :) Espero que Fevereiro te recompense pelas coisas más de Janeiro. Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  6. Espero que o próximo mês (é mais este mês, já vai avançado) corra melhor!
    Mesmo que não tenha sido o ideal Janeiro terminou em grande com este bolinho tão majestoso :)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...