29 de janeiro de 2017

Arroz de Polvo com Funcho {Octopus Rice with Fennel}

Yum

Esta é uma, das muitas receitas, que foi imediatamente assinalada “a fazer” assim que desfolhei o livro da Mónica Pinto, Pratos & Travessas.
A oportunidade surgiu quando a semana passada recebi no cabaz da PROVE, um lindíssimo funcho. Assim que o vi, tive a certeza de qual seria o seu destino.
A receita tão tradicional nas nossas mesas, ganha uma nova alma, e um novo sentido quando introduzimos um elemento tão saboroso e distinto como o funcho. Muitos poderão não gostar do seu sabor, mas eu sou claramente fã. E não desapontou em nada aquando da sua união ao polvo e ao arroz.
Uma refeição cheia de sabor e bem reconfortante, porque os dias assim ainda o pedem.






Ingredientes (4 pessoas):
3 Polvos de tamanho pequeno, de preferência congelados (se os comprar frescos, congele-os antes de os cozinhar, pois isto amacia os polvos, deixando-os mais tenros) – usei um polvo de 1,5kg
5 chávenas de café de Arroz Arbório
O triplo da quantidade do arroz em Água da cozedura do polvo
1 Bolbo grande de Funcho, cortado em cubos
1 Cebola média picada finamente
2 dentes de Alho, ralados
2 c. sopa de Azeite
1 c. sopa de Manteiga
Sal & Pimenta Preta a gosto
Funcho (rama) para polvilhar

Preparação:
Deixe os polvos descongelarem completamente, no frigorífico, antes de os cozinhar.
Leve os polvos a cozer em bastante água fervente, a suficiente para que sirva para o caldo do arroz de acordo com a quantidade mencionada. Não junte sal – quando os polvos estiverem quase tenros prove a água nessa altura e se estiver insossa, adicione um pouco de sal a gosto. Para deixá-los ainda mais tenros, a Mónica aconselha uma técnica galega que consiste em “constipar” os polvos, ou seja, retirá-los da água fervente e voltar a mergulhá-los nela, uma três vezes.
Quando cozidos, retire-os da água, corte-os em pedaços e reserve. Guarde a água da cozedura.
Num tacho grande, aloure a cebola e o funcho no azeite quente até ficarem macios, mexendo de vez em quando. Junte o alho e mexa bem.
Adicione a água da cozedura do polvo na quantidade referida, e guarde a que sobrar para o caso de precisar de juntar mais um pouco. Acrescente também o polvo. Deixe ferver por uns 5 minutos e junte o arroz. Assim que levantar fervura, mexa com um garfo para soltar os grãos de arroz.
Tempere com sal e pimenta a gosto e cozinhe em lume baixo com o tacho quase tapado por 9 a 10 minutos. Se achar necessário junte mais um pouco de água da cozedura.
Assim que estiver pronto, retire do lume, junte a colher de manteiga e mexa bem para ligar.

Sirva de imediato e polvilhe com um pouco da rama do funcho.

7 comentários:

  1. Ui que maravilha de aspecto, eu que adoro polvo!!!
    https://bloglairdutemps.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E de sabor, Ruth, estava perfeito. No ponto!
      Beijocas

      Eliminar
  2. Nunca juntei polvo e funcho mas fiquei curiosa e é uma combinação para experimentar um dia! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gostei bastante do toque e da frescura que o funcho deu à receita. A repetir sem dúvida.
      Beijocas grandes

      Eliminar
  3. Ai está ele, o arroz de polvo com funcho pelo qual babei no Instagram :)
    Faço muitas vezes polvo e arroz de polvo mas nunca juntei funcho e algo que não uso normalmente na cozinha... fiquei curiosa com a junção de sabores!
    Já guardei a receita para fazer um dia destes!
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cátia,
      também foi muito recentemente que comecei a usar funcho fresco. Só desde que sou consumidora do cabaz da PROVE. Anteriormente só conhecia e usava a sua semente (erva-doce). Mas gosto imenso, e dá uma frescura ótima a variadíssimas receitas. Experimenta no arroz de polvo que decerto vais adorar.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Ficou um arroz muito interessante com aspeto de ser saboroso :D

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...