29 de outubro de 2012

Queijadinhas de limão

Yum

Ingredientes (rendeu 20 unidades):
800g!! 500g de açúcar
200g de farinha
100g de manteiga + q.b. para untar
1Lt de leite
4 ovos
raspa de 2 limões


Preparação:
Ligue o forno a 180ºC.
Unte muito bem as 20 forminhas de queques.
Numa tigela misture a raspa de limão, a farinha e o açúcar. Adicione o leite aos poucos. Junte os ovos e bata muito bem. Derreta a manteiga e junte ao preparado anterior, mexendo bem.
Divida o preparado pelas formas, coloque-as num tabuleiro com água  e leve ao forno, em banho-maria, durante cerca de 40 minutos, ou até estarei douradinhas.
Espete um palito para verificar se estão cozidas.
Retire do forno, deixe amornar, desenforme e coloque as queijadinhas em formas de papel.

Fonte: Revista Teleculinária n.º 1662


21 de outubro de 2012

Bolo de pêra e canela

Yum
Um bolo delicioso, leve e ligeiramente húmido, para comer de Verão acompanhado por uma bola de gelado, ou de Inverno por uma fumegante chávena de chá. 



Ingredientes: (6 a 8 pessoas)
200g de margarina vegetal, sem sal, amolecida (não derretida)
+ um pouco para untar forma
150g de açúcar branco refinado
175g de farinha autolevedante
2 c. chá de canela
3 ovos, batidos
450g de pêras, descascadas, descaroçadas, e finamente fatiadas
(quanto mais maduras melhor! e pincele-as com sumo de limão para evitar que escureçam)
1 c. sopa de açúcar amarelo 



Preparação:
Unte levemente uma forma com cerca de 20cm de diâmetro e forre a base com papel vegetal.
Coloque 175g de margarina e o açúcar branco numa taça. Peneire a farinha para a taça e junte a canela. De seguida adicione os ovos. Mexa bem até ficar homogéneo.
Coloque a mistura na forma e alise a superfície com uma espátula.
Coloque as fatias de pêra sobre a massa. Polvilhe com o açúcar amarelo e distribua por cima as restantes 25g de margarina aos cubinhos.
Leve ao forno, previamente aquecido a 180ºC, por cerca de 35 a 40 minutos, ou até que o bolo fique dourado e flexível ao toque - não deixe cozer demasiado.

Fonte: Adaptada de No Forno - Parragon Books Ltd

16 de outubro de 2012

Pão de nozes - World Bread Day #7

Yum
Hoje comemora-se o dia mundial do pão.

Para mim o pão é a base da alimentação. Adoro pão, independentemente de ser salgado, doce, com sementes sem sementes, preto, branco, torrado, acadadinho de sair do forno....seja de que forma for....adoro pão.

Este ano finalmente consigo participar do World Bread Day, e do meu forno saíram uns maravilhosos pães com sabores e cheiros do Outono.

Ingredientes:
400g de farinha de trigo + q.b. para polvilhar
1 c. chá de sal
2 c. chá de azeite
25g de fermento de padeiro fresco
300ml de água morna
50g de miolo de nozes + metades de nozes para decorar (opcional)


Preparação:
Dilua o fermento de padeiro na água morna. Coloque a farinha numa taça grande, junte o sal, o azeite, e finalmente a água com fermento, aos poucos. Com as mãos envolva todos os ingredientes até obter uma massa. Depois transfira para uma bancada de trabalho, polvilhada de farinha. Amasse muito bem, durante uns 15 minutos, até obter uma massa elástica e bem homogénea.
Transfira a massa para uma taça, polvilhada de farinha, tape com um pano e deixe levedar, em local quente, pelo menos 2 a 3 horas.
Volte a colocar a massa na mesa de trabalho, junte as nozes, e volte a amassar mais uns minutos. Dê a forma que desejar os seu pão,ou divida em pães pequenos. Se quiser decore com metades de nozes.
Coloque o pão sobre um tabuleiro untando e polvilhado de farinha, e deixe levedar mais 1 hora.
Leve a cozer ao forno pré-aquecido a 240ºC durante cerca de 10 minutos. Depois reduza a temperatura para 210ºC e deixe cozer por mais uns 30 a 40 minutos. ( No caso de optar por dividir o pão em bolinhas o tempo de cozedura diminui.)

Aproveite esta delicia de pão bem quente, acabadinho de sair do forno, acompanhado por compota ou manteiga!

Receita adaptada de Cozinhar com Fantasia

15 de outubro de 2012

Massada de tamboril e gambas

Yum
Existem desafios que se revelam verdadeiramente difíceis, não pela eventual complexidade de execução, mas pela dificuldade de escolha. Foi este o caso.
O desafio foi lançado pela Mané e o seu objectivo era mais do que justificado: de uma forma diferente e, na minha opinião, bem divertida, agradecer à Helena do Sabores de Canela, que generosamente partilhou com meia dúzia de pessoas os seus conhecimentos.
E se bem a Mané o pensou, bem depressa nos decidimos, que nos juntaríamos todas "à mesa" com receitas da Helena. Cada uma escolheu uma das partes do menu, e Voilá! Perfeito!





A mim coube-me o prazer de cozinhar peixe, e após demorada e difícil escolha, optei por uma receita simplesmente deliciosa, que adaptei ligeiramente para ficar mais ao gosto cá de casa.
Foi um desafio de inigualável prazer :)

Obrigado a todas! 




Ingredientes (4 pessoas):
800g de tamboril
200g de camarão grande
1/2 pimento verde
1/2 pimento vermelho 
1 cebola
2 dentes de alho
Louro
Azeite
2 tomates, pelados e sem grainhas
2 chávenas de chá (240ml capacidade) de massa pequena (cotovelos ou outra)
1,5lt de água
Sal e pimenta
Coentros frescos picados a gosto

Preparação:
Faça um fumet com 0,5lt de água e as cascas e as cabeças do camarão. Reserve. 
Tempere o peixe com sal e deixe a marinar num lugar fresco durante 1 hora.
Num tacho largo, refogue a cebola, os alhos, o louro, os pimentos e o azeite.
Adicione o tomate e deixe ferver. Tempere de sal e pimenta. 
Adicione o fumet ao restante Lt de água, deixe levantar fervura, junte a massa e o peixe.
Quando estiver cozido, adicione as gambas, apague o lume e polvilhe com coentros picados frescos, aguarde alguns minutos e transfira para a terrina de servir.

Fumet: Coza as cascas e as cabeças do camarão. Depois de cozido, triture grosseiramente com a varinha mágica, e de seguida coe o liquido, de preferência com um coador de pano

13 de outubro de 2012

Bacalhau à italiana

Yum
Uma receita simples e sofisticada para uma refeição mais requintada.


Ingredientes (4 pessoas):
4 c. sopa de azeite + q.b. para untar tabuleiro
50g de pão integral ralado na altura
50g de broa ralada na altura
casca ralada e sumo de 1 limão
1 raminho de alecrim fresco, sem os talos
1 dente de alho esmagado
2 c. sopa de salsa fresca
1 pimento vermelho, cortado aos cubos
4 postas de bacalhau (de preferência lombos)


Preparação:
Num tacho, aqueça o azeite em lume brando. Retire o tacho do lume e junte o pão ralado, a casca e o sumo de limão, o alecrim e a salsa, o pimento e o alho, e envolva de forma a ligar bem todos os ingredientes.
Forre um tabuleiro de forno com papel de alumínio, pincele com azeite, e coloque em cima os lombos de bacalhau.
Suavemente pressione a misture de pão ralado sobre o bacalhau.
Coza no forno pré-aquecido a 200ºC, durante 25/30 minutos.

Notas: As fotos são da autoria do meu amigo Alex! Beijos :)

8 de outubro de 2012

A kind of magic

Yum
O dia estava radioso. O sol tinha uma luminosidade incrível. As flores estavam esplendorosas em todas as suas cores e feitios, e eu quase que me sentia transportada aos tempos de miúda e das caminhadas para a escola... outros tempos.
Tive a sensação que o portão da casa aproximou-se depressa demais. Abri-o e dei os últimos passos até à porta da entrada.
Alguém cantava bem alto!
Abro a porta curiosíssima, e depressa vou até à origem do som...
Imóvel, contemplei aquele homem de bigode, saia preta travada, que se movia de um lado para o outro, na minha sala, de cano de aspirador na mão, e a cantar bem alto "I WANT TO BREAK FREE, I WANT TO BREAK FREEEEEEEE!!"
Não queria acreditar!  Freddie Mercury na minha sala! THE Freddie Mercury na minha sala!!
Só podia ser um sonho....eu estava a sonhar!....
E só posso ter soltado um daqueles gritos histéricos de miúda adolescente, porque depressa ele olhou para mim, desligou a gerigonça e soltou um: "Oh! So glad you are already here! come on girl, I want to ride my bicycle! Let's go".
Puxou-me por um braço, antes que pudesse soltar mais algum som, quanto mais silaba, ou palavra!
E fomos, cada um na sua bicycle.
Passámos pelas mesmas flores, pelas mesmas árvores que já tinha passado anteriormente, ainda há poucos minutos, mas agora estavam ainda mais esplendorosas e de cores alegremente contagiantes.
Ele continuava:
I want to ride my bicycle
I want to ride my bike
I want to ride my bicycle
I want to ride it where I like
E lá fomos continuando por estradas fora, sempre a cantar, uma e mais outra canção, que nem 2 adolescentes alucinados!
Don't stop me now I'm having such a good time
I'm having a ball don't stop me now
If you wanna have a good time just give me a call
Don't stop me now ('Cause I'm having a good time)
Don't stop me now (Yes I'm having a good time)
I don't want to stop at all  
Cansados e felizes (eu SUPER feliz) regressámos a casa, onde para meu espanto já se aconchegavam na sala e a aquecer instrumentos Brian May,  John Deacon e Roger Taylor, e o Freddie começou:
Sometimes I get to feelin'
I was back in the old days - long ago
When we were kids when we were young
Thing seemed so perfect - you know
The days were endless we were crazy we were young
Ali estava eu no meio dos Queen...
E durante horas, não sei quantas, rimos, cantámos, gritámos, e já exaustos fomos todos para a cozinha, e comemos e bebemos, satisfazendo os nossos prazeres mundanos.
E já muito tarde na noite, caímos no sofá, não sem antes a pedido meu, Freddie cantar Love of my live, e numa conjugação perfeita de sabores e sons, saboreámos uma sobremesa em tudo única e quase tão perfeita como aquela noite.


 

E com esta receita e viagem (ou sonho), deixo a minha participação no projecto da Anasbageri, "Convidei para Jantar", nesta 7ª edição apadrinhada pela Vera Ferraz, com o maravilhoso tema ídolos musicais.
Desta vez não podia deixar de participar, e a minha escolha foi quase que imediata. Os Queen fazem parte da minha juventude, e ainda hoje vibro com as suas músicas como vibrava há 20 ( e mais alguns!) anos atrás. Lembro-me como se fosse hoje, o momento em que, sentada numa cadeira de café, escutei a notícia que Freddie Mercury tinha morrido aos 45 anos. E lembro-me como a notícia me chocou. 
Fica aqui um pouco deles e de mim :) 



Ingredientes (8/10 pessoas) 
Massa
5 ovos inteiros + 5 claras
200g de amêndoas moídas
200g+30g de açúcar
50g de farinha
Creme pasteleiro
3 gemas
50g açúcar
20gFarinha trigo
20g amido de milho
300ml de leite
1 vagem de baunilha
Creme de chocolate
200ml de natas
200g de chocolate de culinária
30g de manteiga
Para o glacé
100g de chocolate
50ml de óleo de sementes (eu coloquei natas)

Preparação:
Massa
Trabalhe na batedeira eléctrica os ovos inteiros, as amêndoas e as 200g de açúcar durante 15 minutos. Depois junte a farinha e bate mais uns minutos.
Bata as claras em castelo juntamente com as 20g de açúcar e junte ao preparado anterior.
Forre um tabuleiro bastante grande  com papel vegetal e verta a massa. Esta não deverá  ficar com uma altura grande, não mais de 5 a 8mm.
Leve o tabuleiro ao forno durante cerca de 5 minutos a 240ºC, ou até que a massa fique ligeiramente dourada. Retire do forno e deixe arrefecer.
Creme pasteleiro
Numa panela leve o leite a ferver juntamente com a vagem de baunilha. Bata as gemas com o açúcar, até estarem ligadas. Junte aos ovos a farinha e o amido de milho. Retire a vagem de baunilha do leite e adicione-o à mistura de ovos. Despeje novamente na panela e leve a lume brando, mexendo sempre, até engrossar. 
Transfira para uma taça e coloque película aderente na superfície do creme e leve ao frigorífico. Volte a misturar bem, com a ajuda de um garfo ou um batedor de varas, antes de usar.
Creme de chocolate
Coloque as natas num tacho, e deixe levantar fervura. Depois, já fora do lume, derreta o chocolate, partido em pedaços pequenos, e a manteiga. Envolva muito bem.
Glacé
Derreta o chocolate em banho-maria, adicionando o óleo de sementes no fim, envolvendo bem.
Montagem
Despegue a massa do papel vegetal e corte-a em 3 rectângulos iguais.
Distribua os cremes preparados sobre 2 dos rectângulos (coloque 1º o de chocolate que fica mais espesso, e depois o pasteleiro). Sobreponha-os e termine com um terceiro rectângulo. Coloque o bolo no frigorífico enquanto prepara o glacé. Quando o glacé estiver morno, estenda-o sobre o doce e alise-o com uma espátula. Deixe solidificar muito bem, antes de sirva.
Sirva o doce bem fresco!

6 de outubro de 2012

Tarte de chocolate negro

Yum
Uma tarte com um perfume cativante e irresistível que fará as delícias dos amantes de chocolate negro.



Ingredientes (6/8 pessoas):
Massa
100g de manteiga amolecida (não derretida)
40g de açúcar em pó
1 pitada de sal
1 ovo
200g de farinha peneirada + 
para mesa de trabalho
Recheio:
200g de chocolate negro a 70% de cacau
200ml de natas
5 c. sopa de leite
1 ovo batido

Preparação:
Numa tigela, bata a manteiga e o sal, depois junte o ovo batendo até ganhar uma consistência macia.
Acrescebte a farinha pouco a pouco, misturando até ficar homogéneo.
Junte a massa formando uma bola e deixe-a repousar durante pelo menos 2 horas no frigorífico.
Pré-aqueça o forno a 180ºC. Na mesa de trabalho enfarinhada, estenda a massa com um rolo formando um círculo de 33cm de diâmetro. Coloque a massa numa tarteira anti-aderente de 26cm (eu coloquei a massa na tarteira e espalhei-a directamente dentro da forma). Pique o fundo com um garfo. Cubra-a com papel vegetal e legumes secos, e leve ao forno durante 15 minutos.
Prepare o recheio: Parta o chocolate em pequenos pedaços. Deixe derreter num tacho, em lume brando, com as natas e o leite. Retire do lume, misture bem até amaciar a mistura. Acrescente o ovo batido, mexendo sempre.
Retire a massa do forno, e retire a folha vegetal e os legumes.
Deite o recheio por cima da massa. (Eu aparei a massa da tarte para ficar quase à face do recheio)
Leve novamente ao forno por mais 10 minutos.
Deixe arrefecer a tarte, e reserve-a 1 hora no frigorífico antes de servir.


Sugestões:
Decore a tarte com raspas de chocolate; sirva-a acompanhada de uma bola e gelado de baunilha!

Fonte: Segredos Doces e Salgados



3 de outubro de 2012

Empada de atum

Yum
Com os primeiros dias de Outono, as primeiras chuvas, e os dias mais frescos, chegou também a vontade de ligar o forno. E para mim não há como comida de forno... então se for de lenha...hummm...perco-me, nos cheiros e nos sabores distintos.
Em minha casa não existe (esperemos que só por enquanto!) um forno a lenha, daqueles pequeninos, mas bem ajeitadinhos, por isso tenho de me contentar com o eléctrico... mas que ainda assim vai dando para trazer à mesa coisinhas deliciosas, como esta empada de atum.


Ingredientes (6 a 8 pessoas):
Massa:
450g de farinha de trigo
150g de margarina vegetal
50ml de água
50ml de vinho branco
50ml de azeite
13g de fermento de padeiro
1/2 c. chá de pimentão doce
pitada de açúcar
pitada de sal
Recheio:
250g de atum escorrido
1 cebola picada
1 dente de alho picado
3 tomates pelados sem grainhas
1 pimento verde cortado em cubos 
3 c. sopa de salsa fresca picada
3 ovos (2 cozidos e 1 crú)
sal e pimenta q.b.
azeite q.b.



Preparação:
Peneire a farinha para um recipiente e abra uma cova no meio. Dissolva o fermento de padeiro na água morna e adicione à farinha, bem como todos os restantes ingredientes para a massa.
Envolva com as mãos, até obter uma massa suave, sem grumos nem que esteja pegajosa (caso necessário junte mais alguma farinha até obter uma boa consistência).
Forme uma bola e deixe a massa repousar, tapada, pelo menos 1 hora.
Faça um refogado com um pouco de azeite, a cebola e o alho. Deixe refogar um pouco e depois junte o tomate, deixando apurar bem.
Coloque o pimento, o atum, a salsa e tempere de sal e pimenta. Reserve e deixe arrefecer.
Divida a massa em dois e estenda-a com a ajuda de um rolo, em rectângulos. Unte com um pouco de azeite um tabuleiro d eir ao forno e coloque um das partes da massa na base.
Descasque os ovos cozidos, corte cada um em rodelas e distribua pela massa que já colocou no tabuleiro. De seguida distribua o recheio também pela base da massa, deixando 5cm toda à volta da massa sem recheio.
Cubra  com a outra parte de massa e vá pressionando e puxando a borda da massa de baixo para cima até ficarem completamente seladas.
Com a ajuda de um garfo faça pequenos orioficios na massa.
Bata ligeiramente o ovo e pincele a massa.
Leve ao forno a 200ºC, durante 35 minutos ou até que esteja bem douradinha.

Bom apetite!

Fonte: Revista Continente Magazine - Maio 2012

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...